Apóie a imprensa democrática e popular

Militarização do Alemão é alvo de críticas e denúncias em audiência pública no MPF do Rio

Por Patrick Granja / A Nova Democracia

Na tarde do dia 18 de novembro, foi realizada na sede do Ministério Público Federal, no Rio de Janeiro, uma audiência pública onde foram discutidos os problemas da militarização nos Complexos do Alemão e da Penha. Na ocasião, militares afirmaram que 99% dos moradores dos dois complexos de favelas aprovam a ocupação levada a cabo pelo exército reacionário. A afirmação foi amplamente questionada por moradores que estavam no local, líderes comunitários, defensores dos direitos humanos e militantes de vária organizações. O evento foi marcado pelo depoimento emocionado de um dos quatro operários do PAC que moram no Complexo do Alemão e foram presos arbitrariamente por soldados do exército em outubro.

Líderes comunitários, parentes dos operários presos e até a procuradora geral dos direitos do cidadão, Gilda Carvalho, também criticaram a prisão dos trabalhadores. Defensores públicos e representantes de organizações que lutam pelos direitos do povo também fizeram sérias denúncias contra a famigerada força de pacificação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s