Apóie a imprensa democrática e popular

Moradores do Complexo do Alemão são presos arbitrariamente por soldados do exército

Por Patrick Granja / A Nova Democracia

No dia 18 de outubro, cinco moradores do Complexo do Alemão, presos por homens do exército, foram soltos do presidio Ary Franco, em Água Santa. Quatro deles são operários da obra do PAC no conjunto de favelas. Os trabalhadores foram presos quatro dias antes acusados de desacatar um grupo de militares próximo à estação do teleférico do Alemão. Eles negam as acusações e afirmam nunca terem sofrido tamanha humilhação.

Como mostram as imagens a seguir, moradores protestaram contra a prisão e, um deles, que filmava tudo com um celular também foi preso. Militares acusam os trabalhadores de apoligia ao crime, desacato a autoridade e resistência à prisão. Entretanto, os operários afirmam que foram confundidos quando voltavam do trabalho. O telefone usado para filmar a prisão também foi apreendido, mas segundo o rapaz, dono do telefone, o aparelho não foi devolvido pelos militares ou pelos policiais. Na prisão, os operários teriam sido agredidos por um agente penitenciário e ficado dias sem dormir, se alimentar e até sem beber água.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s