Apóie a imprensa democrática e popular

O povo da África do Sul diz não à Copa do Mundo e continua de braços cruzados

Por Patrick Granja / A Nova Democracia

Apenas duas semanas antes da Copa do mundo, trabalhadores sul-africanos nos setores de transportes e estivação continuam em greve. A paralisação, que já entra em sua segunda semana, interrompeu as exportações de metais, carros, frutas e vinho para a Europa e a Ásia, assim como as importações de peças de veículos e combustível, dando um inestimável prejuízo aos empresários do país. Fabricantes de veículos já ameaçam interromper a produção por falta de matéria prima. Além disso, muitos equipamentos necessários para a realização da Copa do mundo ainda não chegaram ao país por conta da greve nos portos. Prontamente, os gerenciamentos de turno, cortaram os salários dos trabalhadores em greve e decretaram-na ilegal. Mas os grevistas prometem não recuar enquanto os salários não forem reajustados.

— Nós não aceitamos que uma copa do mundo sirva de álibi para esses empresários entrarem em nosso país e saqueá-lo. Nosso povo já ganha mal e come mal e agora eles querem que nós trabalhemos mais ainda, mas nós não vamos aceitar. A greve continua — disse a presidente da União dos Trabalhadores em Transportes da África do Sul, Jane Barrett.

Os trabalhadores exigem um reajuste mínimo de 13% para todas as categorias como condição para encerrarem a greve, que começou no dia 10 de maio. Mas, segundo um pronunciamento do próprio gerente Zuma, caso não sejam rapidamente melhoradas as condições de trabalho e habitação do povo, os protestos podem ser radicalizados, comprometendo a realização da Copa do mundo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s